evden eve nakliyatsakarya evden eve nakliyatbatman evden eve nakliyatVision Prohayır lokmasıantalya haberAnkara implant fiyatlarıtuzla evden eve nakliyatmamak evden eve nakliyatql 36 kullanıcı yorumlarıaçık gelinlik modellerieskişehir protez saçvalizeskişehir emlakeskişehir emlakoto çekiciPlak alanlarweb sitesi yapımıMedyumlarMedyumEtimesgut evden eve nakliyatpırlantaknight online pvpeskişehir web sitesimetin2 pvpko forumjojobetsahibinden satılık dairepvp serverlermetin2 pvp serverlermetin2 pvppolatlı evden eve nakliyatmaldives casinospoodlepuffpancakeswap botuniswap sniper botfront running botfront run botsniper bot
quinta-feira, fevereiro 29, 2024
Home > Notícias > Mulher de cônsul de Honduras agride mendigo em Brasília

Mulher de cônsul de Honduras agride mendigo em Brasília

Durante o ataque de fúria, a suspeita teria ainda ameaçado atear fogo no homem que dormia em frente a sua casa

Giselle Araújo – Do Hoje em Dia – 10/12/2011 – 20:48

Toninho Almada

A esposa do cônsul Héctor Nery Pineda Mendoza, de Honduras, Marília Rosana Correia Rodrigues de Pineda, de 51 anos, deixou a vizinhança revoltada depois de agredir o morador de rua José Rubens da Silva, no início da noite deste sábado (10), na Rua Gonçalves Dias, Bairro Funcionários, Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Segundo uma moradora do bairro, a agressora saiu do prédio onde mora e começou a insultar a vítima, que dormia nas proximidades da sua residência há cerca de duas semanas. “Ele nunca deu problemas aqui. Essa mulher desceu completamente alterada, xingando palavras de baixo calão e, quando o morador de rua se levantou, humilhado, ela o agrediu com coronhadas”, afirma a vizinha que presenciou o fato e decidiu chamar a polícia.

De acordo com a testemunha, que prefere ter a identidade preservada, o homem agredido tem o lado esquerdo do corpo paralisado e anda com dificuldade devido a um AVC. “Além de xingar, ela fez ameaças, dizendo que iria tocar fogo no mendigo se ele continuasse dormindo próximo ao prédio”, contou.

A vítima foi socorrida pelo Samu. Quando a Polícia Militar registrava a ocorrência, uma suposta delegada teria chegado ao local e ameaçado as testemunhas. “A mulher, que diz ser prima da agressora e delegada aposentada da Delegacia de Mulheres, também ordenou que os policiais não fizessem nada”, denunciou a vizinha.

A ocorrência foi registrada na 3ª Cia da Polícia Militar e será encaminhada para a Polícia Federal, já que a família tem imunidade consular.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

escort izmirporno izleankara escortankara escortankara escortkayseri escortçankaya escortkızılay escortkeçiören escorteryaman escortizmir escortİzmir EscortBursa Escortkralbetbayan escortTürkiye Escort Bayanbuca escortBursa EscortAviator oynaikimisli twitterHitbet Twitterjojobet girişnorabahisbahiscomonwintarafbetmarsbahisfethiye escortcasibomizmir escortDenizli escortMalatya Escortşanlıurfa escortHacklinkBeşiktaş escortAtaşehir escortBeylikdüzü escortBahis siteleriBeylikdüzü escort bayanmasöz bayanlarmasöz bayanlarantalya escort bayanlarbetturkeydeneme bonusu veren sitelerSlot bonusu veren siteler