sábado, outubro 28, 2017
Home > Notícias > Conar aceita denúncia da Contracs sobre propaganda discriminatória

Conar aceita denúncia da Contracs sobre propaganda discriminatória

Contracs denunciou propaganda da Peugeot, que discrimina estagiário

Escrito por: Contracs

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária – CONAR, responsável pela regulamentação de propagandas publicitárias no País, acatou a denúncia feita pela Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio e Serviços (Contracs/CUT).

A Contracs denunciou a propaganda da montadora francesa Peugeot, que discrimina e desvaloriza o trabalho e a função do estagiário.

Para a confederação, a propaganda mostra que o estagiário pode ser pisoteado e ignorado pelos demais funcionários de uma concessionária apenas pelo fato de ser estagiário. Desta forma, a Peugeot desrespeita o trabalhador por considerar que ele ocupa um cargo de menor importância e valida este comportamento perante à sociedade.

Além disso, a propaganda desvaloriza o estagiário, incentivando práticas discriminatórias e vexatórias no ambiente de trabalho – questão que são constantemente combatidas e rechaçadas pelo movimento sindical e pela Contracs.

A propaganda veiculada em nível nacional ainda sobrepõe o lucro da empresa acima de qualquer respeito à dignidade humana e ao trabalhador, que pode ser pisoteado.

Em atenção à denúncia realizada, o Conar instaurou o processo ético referente à citada propaganda. Segundo a entidade, o julgamento ocorrerá brevemente e, assim que seja possível, a decisão estará disponível no site do Conselho.

Para ler a nota de repúdio publicada pela Contracs sobre o caso, leia aqui.

O caso trata-se do seguinte comercial:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *